Principais erros cometidos na gestão empresarial: Como evitar?

12/06/2020

Administrar corretamente um negócio é uma atividade bastante complexa, na qual exige constante atenção de um gestor. Principalmente devido as constantes mudanças no mercado e economia.

Sendo assim, é de fundamental importância que os líderes de empresa se atentem a saúde financeira de seu empreendimento como também a sustentabilidade de suas atividades.

Diante deste cenário, preparamos para os nossos leitores os principais erros cometidos na gestão empresarial a fim de aprender como evitá-los. Vamos lá?

 

1. Ignorar as tendências e as preferências de consumo

Devido o avanço da tecnologia e a modernização dos processos gerências, a dinâmica de mercado vem sofrendo grandes alterações e influenciado fortemente o comportamento dos consumidores.

Atualmente, é comum que as pessoas busquem informações de diversas formas, a fim de assim validar de alguma forma a sua tomada de decisão.

Desse modo, é essencial que o gestor de uma empresa busque implementar em sua organização, ferramentas que contribuam para melhorias em seus processos.

Além disso, adotar sistemas de gestão adequando para o modelo de cada empreendimento permite gerar uma vantagem competitiva frente aos concorrentes no mercado.

 

2. Desconhecer a concorrência

Diante de sua constante evolução, o mercado vem se tornado cada dia mais competitivo.

Hoje, é possível que um produto ou serviço seja vendido de forma remota, sem que o comprador precise se deslocar de sua casa a uma loja.

Diante disso, a adoção da ferramenta de benchmarking tem sido uma das mais procuradas. Isso porque, ela permite um completo monitoramento do mercado e análise de seus concorrentes.

É o que resulta no levantamento de dados que pode contribuir na criação de estratégias mais agressivas para o seu negócio.

Sendo assim, quando um gestor não procura conhecer quem são seus concorrentes diretos e como eles trabalham, ele contribui para que suas ações internas se tornem obsoletas e até mesmo ineficientes.

Leia mais: Como manter sua empresa ativa em momentos de crise

 

3. Se equivocar na escolha de fornecedores

As regras para escolha de um fornecedor podem apresentar variações de acordo com o porte de uma empresa e o setor trabalho.

Geralmente, antes de fechar um pedido de compra, os gestores tendem a querer conhecer um produto de forma pessoal, influenciando assim a sua disposição de compra.

Sendo assim, a falta de uma mercadoria em estoque pode acabar prejudicando a relação comercial. O que pode levar o consumidor desistir da compra e recorrendo uma loja de sua concorrência.

Por este motivo, é crucial desenvolver um bom relacionamento com seus fornecedores, contribuindo para que o andamento de seu processo de vendas não seja prejudicado.

Além disso, contribui também no aumento da margem de lucro, uma vez que se torna possível negociar melhores preços e condições de pagamentos.

 

4. Manter um fluxo de caixa desatualizado

O cumprimento dos processos gerenciais está cercado de muitas responsabilidades, que vai além das ações estratégicas.

Sendo assim, é preciso que os empreendedores monitorem seus resultados operacionais de forma periódica.

Diante disso, o setor financeiro demanda um controle eficiente. Ou seja, é fundamental que seja apurado constantemente o seu fluxo de caixa, facilitando assim a administração de seus recursos.

No entanto, muitos profissionais desprezam a importância e relevância que o fluxo de caixa possui.

Em contrapartida, não conseguem fazer o correto registro de suas movimentações financeiras. Logo, não compreendem a real situação de suas finanças. O que compromete todo o seu desenvolvimento, podendo até mesmo chegar a falência.

Aproveite para ler também: Geração de caixa: um plano para quando parecer que não há alternativas

5. Negligenciar a tecnologia de gestão

Por último, mas não menos importante, vamos abordar a importância da tecnologia de gestão para o sucesso de um negócio no mercado.

Atualmente, grande parte das atividades manuais podem ser realizadas de forma automática por um sistema. Desde o controle de estoque, as vendas, caixa, lucratividade e etc.

Dessa maneira, tudo acontece em tempo real, permitindo que qualquer erro seja corrigido de maneira ágil.

Sendo assim, ao implementar um sistema de gestão em sua empresa, é possível integrá-lo a diversos setores, minimizando assim a incidência de equívocos e retrabalhos.

Além disso, permite potencializar a comunicação entre as equipes, aumentando o nível de produtividade e entregar em suas atividades.

Agora que o leitor já sabe quais os principais erros cometidos na gestão empresarial, é hora de colocar a mão na massa e evitar a incidência destes erros em sua empresa.

Ficou com dúvidas? Entre em contato conosco e saiba como nos da ADCAL Assessoria Contábil podemos ajudar o seu negócio.

Gostou de nosso conteúdo? Acesse nosso blog e leia também: CNPJ Inapto: Conheça os riscos para as empresas.