Na volta das férias, desafio do profissional é manter o equilíbrio

20/12/2016

 

 

Foto: Eugenio Mussak

 

Quem realmente conseguiu descansar nas férias precisa cuidar para manter os benefícios mentais obtidos durante a pausa quando voltar à rotina. Em um levantamento feito com mil profissionais no país pela Isma-BR (International Stress Management Association), 82% dos entrevistados disseram que, em uma semana de trabalho, retornaram aos níveis de ansiedade e ao sono desequilibrado que tinham pré-férias.

É comum ver, já na primeira semana, funcionários fazendo hora extra e pulando o almoço; isso manda embora rapidinho o que se conquistou no descanso, diz a psicóloga Ana Maria Rossi, que coordenou a pesquisa. A publicitária Bárbara Zaqui, 28, que tem por hábito se desconectar do trabalho nas férias, tem uma estratégia para voltar à rotina sem estresse. “Uso o primeiro dia para me inteirar do que aconteceu, sem pressa para tentar resolver demandas acumuladas. Já assumo que será um dia mais tranquilo, para ler e-mails e ouvir a equipe”, conta.

Outra atitude que ajuda, segundo Ana Maria Rossi, é evitar voltar de viagem um dia antes de começar a trabalhar. Com dois ou três dias de antecedência, você ganha tempo de desfazer as malas, organizar a casa, dar conta de pendências da vida pessoal e ficar mais tranquilo, ensina. Também vale usar os últimos dias de férias para voltar à rotina de sono. No escritório, a primeira tarefa deve ser se planejar e estabelecer prioridades para as primeiras semanas. Não é possível recuperar um mês em uma semana, diz.

APERTE O BOTÃO DESLIGAR

Quatro passos para tirar férias sem culpa

1 – Defina junto com o chefe e a equipe o melhor momento para tirar férias. Planejar com antecedência ajuda a escolher o melhor destino para a viagem e a fazer uma programação financeira, mas também a eventualmente adiantar projetos no escritório.

2 – Antecipe-se e informe aos colegas de trabalho e a clientes internos e externos sobre o período em que estará fora. Diga se estará ou não acessível e passe os dados de quem eles poderão contatar em caso de necessidade.

3 – Antes de sair, atualize os envolvidos nos seus projetos do status de cada um e delegue tarefas que seriam de sua responsabilidade traçando um plano de soluções para diversos cenários. Detalhe esse planejamento ao gestor.

4 – Procure se desligar, ainda que aos poucos, da rotina e faça um trabalho para não sentir culpa em tirar férias, elas são importantes para a saúde física e mental. Se for o caso, reserve um tempo para refletir sobre a vida, mas também sobre o trabalho.

Beatriz Souza / Fonte: Folha de S. Paulo

POR CONTÁBEIS